Como alguns já sabem, temos um espaço aqui no blog para histórias de viajantes que queiram compartilhar com o mundo sua vivência, e como eu amo saber mais da vida das pessoas, para mim é sempre um prazer conhecer mais e mais histórias.

Dessa vez, vou entrevistar Renan Felipe Braga Zanin, Engenheiro Civil na cidade de Londrina, Paraná. Ele entrou em contato comigo através do Instagram (@omundoeminhasvoltas) e contou sobre o seu incrível intercâmbio de 01 ano no Canadá em 2013, e tenho certeza que essa história vai inspirar muita gente a cair no mundo também!


1. Por que você escolheu o Canadá para fazer intercâmbio?

A princípio, queria muito ir pro Reino Unido, é um sonho que tenho. Porém, na época, a nota do TOEFL que obtive não era o suficiente para aplicar para o Ciências sem Fronteiras para lá. Pediam 79 e tirei 76, acredita? De acordo com esta minha nota, os países que eu tinha como opção eram Canadá ou Austrália. Dentre esses dois, priorizei o Canadá devido ao clima. Queria muito ver neve e sentir o frio pesado na pele, já que a Austrália possui um clima semelhante ao nosso. E não me arrependo!!

2. Como funcionava o Programa Ciência sem Fronteiras? Como você conseguiu ser selecionado para estudar fora?

O programa era destinado a alunos de excelência das universidades brasileiras. Pediam um bom desempenho nas disciplinas já cursadas, além de ser obrigatório estar entre o segundo e penúltimo ano do curso aqui no Brasil. Além disso, exigiam o teste de proficiência cuja nota mínima dependia do país e da universidade que você escolheria para realizar o intercâmbio. Alguns outros pontos podiam favorecer, como participação em projetos de iniciação científica durante a graduação. Era feita uma seleção pela universidade local em que estudava, depois era necessária uma aprovação pelo governo federal. Depois disso, aplicávamos paras as universidades de interesse (acho que eram no máximo 3) e esperar pela carta de aceita delas. Após o recebimento da carta de aceite, o CNPq ou a CAPES aprovavam a bolsa e podíamos dar entrada no processo do visto.

Obs.: Hoje em dia o Programa Ciências sem Fronteiras encontra-se suspenso pelo Governo.

3. Quem te ajudou com os custos durante esse período?

Eu recebia uma bolsa mensal em torno de 1200 dólares canadenses para me ajudar com custos de aluguel, alimentação, internet, celular e outro gastos pessoais. Além disso, recebi ajuda de custo para as passagens de ida e volta, uma ajuda de custo de instalação, no valor da bolsa mensal, para ajudar quando chegasse lá, além de receber o valor do seguro de saúde e 1000 dólares para compra de material didático. Não paguei nada da universidade também, o governo brasileiro que bancou isso.
O valor da bolsa mensal para os alunos que foram para cidades maiores (cidades de alto custo), como eu que fui para Montreal, era em torno de 1200 dólares. Já para cidades menores ou caso você fosse para uma universidade que oferecia alojamento (o que não era o caso da minha) a bolsa mensal caía consideravelmente, quase pela metade. Porém, o pessoal que estava nessa situação dizia que vivia tranquilo lá também, já que não tinha que pagar aluguel, internet e, as vezes, até alimentação.
Porém, como morava perto da universidade, próximo ao centro da cidade, pagava um aluguel um pouco salgadinho, apesar de dividir com um amigo.  Então o valor mensal cobria meus gastos na cidade, baladas e tal. Para viajar, meus pais me ajudaram, principalmente nas viagens mais longas.

4. Como foi a primeira impressão de Montreal? Passou por dificuldades?

Eu amei o Canadá, principalmente em relação ao contraste que o país tem nas diferentes estações do ano. Nunca tinha visto neve antes, então foi uma festa. É um país bem receptivo e o povo é EXTREMAMENTE educado, além de ser muito seguro.

Passei alguns perrengues no início. Primeiro, meu visto deu uma atrasada, e por isso tive que remarcar passagem, reserva em hostel e perdi agumas aulas, já que o ano letivo lá começava no início de Janeiro. Além disso, cheguei lá no auge do inverno, então já saí do Brasil preparado no quesito roupas. Outro momento um tanto difícil para mim, foi a primeira semana, que fiquei hospedado em um hostel (nunca tinha fica neste tipo de acomodação) e estranhei um pouco a dinâmica do lugar, com pessoas estranhas no mesmo quarto de diversos lugares do mundo. Um amigo que fiz pela internet aqui no Brasil iria morar comigo lá em Montreal, mas o visto dele atrasou mais que o meu, e por isso fiquei quase uma semana meio que sozinho. Chegar em um país que você não conhece, primeira viagem internacional, não dominava o inglês totalmente, a cidade era bilíngue, mas o francês dominava, e naquele frio foi difícil. Confesso que na primeira semana me senti mal e um pouco arrependido, mas aguentei firme.

Logo que meu amigo chegou, fomos atrás de um apartamento e assim que nos instalamos nele, parece que o mundo ficou colorido ahahahha. Agora sim me sentia em casa, com o meu cantinho, e a partir daí meu intercâmbio só teve coisas boas.

5. Se arrepende de algo que tenha feito ou deixado de fazer?

Arrependimento acho muito forte, mas gostaria de ter viajado mais e conhecido mais lugares durante o ano que estive por lá. Outro ponto que talvez mudaria seria pra me forçar a fazer mais amigos estrangeiros. Convivi com muitos brasileiros, alguns são meus amigos até hoje e amo demais eles, mas isso barrou um pouco o desenvolvimento do meu inglês. Claro que voltei falando bem melhor, aprendi muito, mas acho que poderia ter aprendido mais. Mas não me arrependo, só prestaria mais atenção nisso.

6. Quais lugares você conheceu durante o intercâmbio? Qual gostou mais?

Além de Montreal, que conheci bem ao longo do ano, fui para Toronto, Ottawa, Quebec City e Mont-Tremblant no Canadá. Mas de todas essas, Montreal ainda foi minha favorita. Quebec City e Mont-Tremblant são cidades menores e mais interioranas, e por isso o inglês lá é menos falado. Passei um perrengue em um Subway em Quebec, que a atendente não falava nada de inglês e eu não falava nada de francês. Tive que pedir o lanche apontando para as coisas haha! Consegui viajar para os EUA, e pude conhecer Boston, Nova Iorque, Philadelphia, Washington DC e fiz uma road trip com mais 3 amigos pela Califórnia (passei por San Diego e Los Angeles, além das praias aos arredores das duas cidades) e Las Vegas. Essa última viagem foi a mais inesquecível.

7. Por que você acha que todo mundo precisa fazer intercâmbio uma vez na vida?

Acho que todos que tiverem a oportunidade de ir, devem se jogar de cabeça. É uma experiência única de vida e de grande crescimento pessoal. Te faz quebrar padrões e pré-conceitos que achamos que estão certos ou que resumem o mundo. O intercâmbio te dá uma visão de mundo ampla e incrível. Fora os lugares maravilhosos que você conhece e as amizades que você cria para a vida com pessoas do mundo todo.

Além de me virar sozinho, tanto em me comunicar com as pessoas, quanto em atividades diárias comuns, aprendi que sair da nossa zona de conforto é preciso e extremamente gratificante quando você olha para trás e vê tudo que conquistou. Coisas simples me orgulhavam, desde conseguir meu apartamento lá, até entender e me virar 100% pelas linhas de metrô e ônibus da cidade ou ir no mercado. A zona de conforto pode parecer boa até certo momento, segura, mas chega uma hora que é preciso estourar essa bolha e arriscar. Eu estava tranquilo aqui no Brasil, de férias da minha faculdade, curtindo o verão, esperando apenas começar o último ano letivo. Mas resolvi me aventurar, ir pra um lugar que não conhecia ninguém, enfrentar a barreira da língua e curtir o frio que não conhecia. E, até hoje, foi a melhor experiência da minha vida.

san-diego

San Diego


Muitos acham que viajar são só flores e coisas boas, Renan nos mostrou que no começo as coisas podem ser difíceis mas que se aguentar firme, tudo vai se encaixando e você poderá ter a melhor experiência da sua vida. Eu fiz intercâmbio também, morei 03 meses em Londres e 40 dias na África do Sul, deixarei aqui embaixo os links para quem tiver curiosidade e saber mais.

LONDRES – MINHA CIDADE FAVORITA DO MUNDO

POR QUE FAZER INTERCÂMBIO NA ÁFRICA DO SUL I

POR QUE FAZER INTERCÂMBIO NA ÁFRICA DO SUL II

Obrigada Renan por compartilhar com a gente e colaborar com o Blog! Se você também tem uma história legal com viagem e quer que o mundo saiba dela, é só entrar em contato através dos comentários ou e-mail [email protected] To doida pra saber mais histórias e conhecer melhor vocês! 😉

Para quem quiser acompanhar o Renan, o Instagram é @renan_zanin.

 

Booking.com

Gostou? Deixe um comentário, compartilhe 🙂Share on Facebook
Facebook
16Pin on Pinterest
Pinterest
0Share on Tumblr
Tumblr
0Share on LinkedIn
Linkedin
Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email
Livia Zanon
Campo-grandense de nascimento e baiana de coração. Se formou em Direito por um acidente de percurso e hoje é Social Media de profissão. Apaixonada em compartilhar as experiências, dicas e perrengues de viagens, criou o blog para inspirar as pessoas a cairem no mundo da melhor maneira. Viajar é o que te faz se sentir viva!

Planeje a sua viagem

Prefere casa ou apartamento? Utilize nosso cupom de desconto de R$ 130,00 no Airbnb e tenha uma experiência diferente e mais econômica de hospedagem.

Não esqueça do Seguro Viagem! Faça sua cotação na SegurosPromo para encontrar o seguro que você precisa. Utilize o cupom MINHASVOLTAS5 e ganhe 5% de desconto.

Encontre a sua hospedagem com o nosso parceiro Booking e Hostel em qualquer lugar do mundo através do  Hostelworld.

Precisa alugar um carro? Reserve pela RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um desconto de 5% no boleto bancário.

Saia do Brasil já conectado e com o celular funcionando durante a viagem.  Com o EasySim4u você tem acesso à internet 4G nos Estados Unidos e Canadá e mais de 140 países.

Tags: , , , , ,

47 comentarios en “Engenheiro civil conta porque o intercâmbio mudou a sua vida”

  1. mariana disse:

    Intercâmbio é uma experiência incrível e o Canadá é um país maravilhoso, além de seguro para essa aventura!

    1. Livia Zanon disse:

      E com muitas belezas naturais né!!! =)) Ainda quero conhecer!!

  2. Que experiência boa de ler! Gostei muito, mesmo nunca tendo feito Intercambio. Obrigada por compartilhar.

    1. Livia Zanon disse:

      Delícia ler né Eloah?? =) Obrigada!

  3. Nana disse:

    Eu concordo tanto!! intercambio me fez crescer muito!! já fiz alguns, acho que 4 e foi um mais especial que o outro! adorei o post!

    1. Livia Zanon disse:

      Todos são transformadores e incríveis né Nana?? Eu fiz dois, mas espero fazer mt mais <3

  4. rui batista disse:

    Hoje em dia o Mundo é o novo mercado de trabalho… e quanta mais experiência os jovens tiverem em contexto fora da zona de conforto ainda melhor. Que esse jovem seja uma inspiração para outros 🙂

    1. Livia Zanon disse:

      Com certeza Rui, concordo plenamente. =)

  5. Gisele Ramos disse:

    Que experiência incrível! Queria muito ter feito intercâmbio, mas a vida tinha outros planos para mim… hehehehe

    1. Livia Zanon disse:

      É Gisele, as vezes a vida tem dessas coisas…A gente faz altos planos, vem ela e PA, muda tudo! hehe

  6. angiesantanna disse:

    Canadá deve ser uma experiencia incrivel, quero ir este ano! o povo realmente é muito educado e paciente, pelo menos os que encontrei pelo mundo!

    1. Livia Zanon disse:

      Verdade, é o que parece né?? Tbm tenho vontade de conhecer!!

  7. katewanderinglife disse:

    Deve ter sido fantástico sair para para o Canadá para ir estudar. Imagino que seja um país incrível para visitar e ainda mais conseguir estar algum tempo mais, a estudar ou trabalhar.

    1. Livia Zanon disse:

      É né… Intercâmbio é tudo de bom! 😀

  8. Luiza Cardoso disse:

    Que show a história dele! Fazer intercâmbio é realmente transformador e abre as portas para esse mundo das viagens! Concordo com ele de que todo mundo deveria fazer pelo menos uma vez na vida!
    Canadá deve ser realmente incrível, sou doida para conhece lá! Países super lindo e o povo parece ser bem do bem também! 🙂

    1. Livia Zanon disse:

      É isso ai Luiza, concordo… =)
      Também ainda não conheço o Canadá, mas ta na minha lista…

  9. Aline Pires disse:

    Se tem um arrependimento nessa vida é de nunca ter feito um intercambio e por isso desde já coloco na cabeça dos meus filhos para fazerem, acho que devem ser maravilhoso!

    1. Livia Zanon disse:

      Legal que agora seus filhos poderão ter essa experiência né Aline? :))

  10. Ah, tinha lido sobre isso no seu Insta. Intercâmbio deve ser uma experiência maravilhosa mesmo. Mas acho que não tenho coragem rs.

    1. Livia Zanon disse:

      Como assim menina? Pq não tem coragem? rs As vezes é difícil decidir ir, mas quanto mais vc lê relatos e depois da sua primeira experiência vai pensar: pq não fui antes? JURO! É demais!

  11. Manuela disse:

    Fiz dois intercâmbios rápidos também, de 3 meses em Boston em 2007 e 1 mês em Vancouver em 2016. Concordo com o Renan, é uma experiência que te transforma e todo mundo devia ter. Super recomendo!

    1. Livia Zanon disse:

      Que legal Manuela! Não importa se for curtinho né, importante é IR! 😀

  12. Vitor Martins disse:

    Realmente existem coisas que mudam a nossa vida para sempre, e esta e uma delas. Abrimos novos horizontes, conhecemos novas pessoas, novos mundos.

    1. Livia Zanon disse:

      Verdade Vitor, é desse jeito mesmo… Já to com vontade de fazer mais um! heheh

  13. Que máximo! Fazer intercâmbio deve mudar a vida mesmo. É importante curtir o que puder antes de todos os compromissos da vida! rs 🙂

    1. Livia Zanon disse:

      Mas acho que mesmo com todos os compromissos da vida, também podemos fazer intercâmbio 😀 Não precisa ser por muito tempo, se conseguir durante um mês nas férias já show e será ótimo!!

  14. Sou 100% a favor de intercâmbio, seja em qual fase da vida for! Quem tiver a oportunidade, não pode deixar de fazer. Já fiz três até hoje, todos de poucos meses (ou apenas 1 mês) em razão dos estudos ou trabalho… Mas independente da época, a experiência é sempre enriquecedora. Canadá é um dos destinos que ainda pretendo fazer intercâmbio!

    1. Livia Zanon disse:

      Com ctz Anna, penso da mesma maneira… Não importa o tempo que vai passar longe, mas sim a intensidade de cada momento vivido. 🙂

  15. Eu não tive oportunidade de fazer um intercâmbio, infelizmente, mas acho incrível. Acho muito enriquecedor e espero poder proporcionar aos meus filhos. Adorei ler as dificuldades de morar fora, porque muita gene acha que tudo são flores e para jovens aprender a lidar com esses desafios também faz parte da experiência. Você morou fora, Livia?

    1. Livia Zanon disse:

      Sthefania, com certeza tem MUITAS dificuldades, as pessoas só enxergam o lado bom (pq talvez só é mostrado o lado bom) mas não é bem assim. Eu morei 3 meses em Londres e 40 dias na África do Sul, e ano que vem pretendo fazer meu terceiro se Deus quiser heheh! Apesar de toda dificuldade, é uma experiência transformadora… É difícil as vezes ter coragem, mas depois vale a pena! 😀

  16. Flavia disse:

    Acho essas experiência muito enriquecedoras e que levamos para a vida toda. Pena que com filho pequeno não consigo, mas quem sabe um dia passar uns dois meses rodando por ai…. seria maravilhoso!

    1. Livia Zanon disse:

      Oi Flavia, sim com filhinho é complicado né =/ Mas assim que ele tiver maiorzinho, vcs poderão cair no mundo juntos!! <3

  17. Juliana Bonotti disse:

    Muito maneira essa entrevista, intercâmbio abre novos horizontes mesmo né? Acho uma pena que o Ciência sem Fronteiras esteja suspenso, tenho um casal de amigos que também foi para o Canadá pelo programa e adoraram, inclusive moram lá ainda!

    1. Livia Zanon disse:

      Uma pena mesmo Juliana, quem sabe volta um dia né? E poxa, que legal que seus amigos continuam por lá… Realmente é bem difícil voltar depois de um intercâmbio heheh continuar morando no lugar deve ser demais.

  18. Fazer um intercâmbio sempre esteve em meus planos. Canadá é um dos lugares que pretendo conhecer e fazer um intercâmbio lá é tentador. Pelo relato do Renan, deve ter sido uma experiência única.
    Lívia, adorei a inciativa em trazer esse tipo de experiências para blog, parabéns!

    1. Livia Zanon disse:

      Que bom que gostou Makenna, fico feliz =))

  19. Mari Zoghbi disse:

    Para mim Intercâmbio é algo extremamente libertador, expando nossa mente para um universo muito mais amplo. Adorei ler um pouco sobre essa experiência. Acho muito legal também ter esse espaço para pessoas que também fizeram . O Canadá é um lugar lindo que quero conhecer em breve, também estou pensando em um intercâmbio para lá 🙂

    1. Livia Zanon disse:

      Sim Mari, o importante é ir!! As vezes demoramos pra nos programar e planejar, mas quando da certo… Vale a pena todo esforço né.. =)

  20. Carla Macedo disse:

    Eu ainda pretendo fazer um intercâmbio, acho que é uma experiência de vida em todos os sentidos e muitos novos horizontes, adorei saber mais sobre essa vivência. Parabéns pelo post, está muito esclarecedor.

    1. Livia Zanon disse:

      Espero que um dia consiga ter essa experiência Carla =) Beijo

  21. Mirela Ferraz disse:

    Que tudo! uma pena que está suspenso esse intercâmbio, queria muito tentar um dia. Conheço algumas pessoas que fizeram e amaram. Inclusive, uma amiga fez no Canadá e hoje em dia voltou pra morar lá porque amou muito o lugar.

    1. Livia Zanon disse:

      Canadá parece ser mt emocionante mesmo 😀 Uma pena ter acabado o CSF…

  22. Danielle disse:

    Uma experiência incrível, sem sombra de dúvidas! Eu fiz há long time ago.. kkk.. em 2004 e fiquei 6 meses em Toronto. Acredito que a cidade grande te oferece muito mais opções de atividades e lazer do que as no interior. Pena que na minha época não havia incentivo do governo e eu tive que arcar com todas as despesas por conta própria, mas, faria tudo de novo! Um grande passo cultural na vida de uma pessoa.
    Qual país você gostaria de fazer intercâmbio nos dias atuais? Após a sua bagagem de viagem?

    1. Livia Zanon disse:

      Eu to com vontade de ir para Portugal, ainda não conheço e parece ser bemm lindo!! 😀

  23. Ígor Augusto disse:

    Na época da faculdade eu nem me ligava para isso, mas também não era muito fácil para nós. Já a geração imediatamente abaixo da minha já conseguiu bastante. Tenho vários calouros que se beneficiaram disso. Que vontade de ter feito intercâmbio, mas, na época, minha mentalidade era muito diferente e eu acho que teria medo – ainda que eu tivesse sempre notas boas e acho que, nesse quesito, não teria problemas. Que maravilha de experiência deve ter sido no Canadá. Por um outro lado, se não fiz intercâmbio por lá, quero muito viajar. E no inverno. Pergunto se compensa viajar lá por Janeiro, ou se vai ser uma fria MUITO GRANDE? (na verdade, eu quero mesmo é ver neve nas cidades!)

    1. Livia Zanon disse:

      Aaah se quer ver neve então é uma ótima época Ígor!!! 😉

  24. Gisele Rocha disse:

    Foi uma lástima esse programa ter acabado! Investir em iniciação científica é crucial para um país melhor e com profissionais mais qualificados. Esse post me deixou com aperto no coração pelas pessoas que não terão as mesmas oportunidades que seu amigo teve, mas gostei muito de conhecer mais sobre o país pela ótica de quem viveu lá.

Deixe uma resposta

autora

Campo-grandense de nascimento e baiana de coração. Se formou em Direito por um erro de percurso e hoje é Social Media de profissão. Apaixonada em compartilhar as experiências, dicas e perrengues de viagens, criou o blog para inspirar as pessoas a caírem no mundo da melhor maneira. Viajar é o que te faz se sentir viva!

receba as novidades por e-mail

Instagram

  • Participamos da 5ª Edição da @feira_cria na @clan.bier, expondo as camisetas do #ProjetoViajeComoUmaGarota e foi demais! Primeiro eu gostaria de agradecer da @taynarafurlan minha sócia, parceira, amiga, que é pau pra toda obra, desde risadas ao cansaço de trabalho. Que essa amizade fortaleça cada vez mais e mais, e que você realize TODOS os seus sonhos, sempre! 💛 e também quero agradecer a todos que passaram por lá, nos deram beijos e abraços, compraram camisetas, ou simplesmente trocaram uma ideia e conheceram nosso Projeto. 🥰
.
.
👉 Arraste para o lado para ver uma parte da galerinha que esteve lá com a gente... A presença de vocês foi fundamental no nosso dia! Obrigada!!! 🙏🏻💙
.
.
Estamos na reta final de vendas das camisetas, e ainda não decidimos se iremos continuar pois a edição era limitada. Para quem tem interesse, acesse o site www.omundoeminhasvoltas.com/loja (link na bio) ou mande um Direct! 😉
.
.
#omundoeminhasvoltas
  • É assim, quem me conhece sabe que gosto de expor pensamentos, sentimentos e reflexões sobre a vida. Essa sou eu, e nunca vou mudar (felizmente ou não rs). Então hoje, depois que vi o #ProjetoViajeComoUmaGarota em mais um veículo de comunicação, expondo a ideia, empoderando as mulheres a irem para onde elas quiserem mesmo com medos, inseguranças e falta de companhia... Senti uma alegria imensa. Sabe, não é fácil você insistir em fazer o que você gosta, o que te traz um sentido para a vida, algo que você se identifique e sinta orgulho em fazer parte, mas se existe força de vontade, dedicação, se você correr atrás e FAZER ACONTECER... O Universo conspira, as coisas se encaixam, as oportunidades surgem e quando você percebe tá realizando sonhos que um dia pensou ser impossível. É claro, que quando conseguimos conquistar algo, logo já pensamos no próximo passo, próxima meta, afinal de contas é isso que nos mantém VIVOS! Mas hoje, eu só queria agradecer por ter chegado até aqui, pelas pessoas que apoiam, torcem de coração e acreditam, mesmo quando eu duvido da minha própria capacidade. Talvez para quem esteja de fora, não tem nada demais em participar de uma Feira de Criadores de Campo Grande, ou vender camisetas e objetos de viagem, ou sair em jornais locais... Mas para mim TODA e qualquer conquista sempre será de MUITA importância, porque no fim, só eu sei o quanto lutei (e continuarei lutando) para fazer coisas que dão sentido à minha existência e assim, ajudar o máximo que puder as pessoas a viverem experiências incríveis e transformadoras através de uma viagem! É essa a marca que quero deixar no mundo, e se houver impacto na vida de UMA pessoa, para mim já valeu a pena! .
.
É só o começo... 🍀🌟💙
.
.
#omundoeminhasvoltas
  • O #ProjetoViajeComoUmaGarota continua a todo vapor! 💚 E hoje compartilho com vocês as fotos dessas três viajantes que estão espalhando nossa mensagem e fazem parte do nosso time! 😍 @deborabihl @casaevida_produtosnaturais e @nathgudin Obrigada pelo apoio e incentivo! ✈️🌎✨
.
.
🧡PARA GALERA DE CAMPO GRANDE: Em breve terá um evento muito legal, onde poderemos nos conhecer e vocês adquirirem as camisetas sem custo de frete. Aguardem! 🥰
.
.
🧡PARA O BRASIL: Na compra de 02 ou mais, o frete sai gratuito. Então da pra combinar de comprar com as amigas e tals! Vale super a pena!
.
.
🌱Lembrando que nossas camisetas são feitas com material de garrafa pet reciclada além do tecido Poliéster. .
.
Estamos procurando alternativas e melhores maneiras para todas que quiserem fazer parte do Projeto, ser possível! Agradecemos a compreensão e por continuarem na caminhada junto com a gente! #omundoeminhasvoltas
.
.
Site para compra (link na bio): www.omundoeminhasvoltas.com/loja
  • O braço é torto mesmo mas a intenção de tirar uma foto felizzz tá valendo né?! 😬✌️ Hoje contei uma #NOVIDADE para vocês nos Stories:
.
.
💸Quem fechar algum Roteiro Personalizado de #PortoSeguro, #Trancoso, #Caraiva ou #ArraialDajuda comigo, vai ter acesso a DESCONTOS EXCLUSIVOS em alguns serviços como: passeios e transfer, por ser meu cliente! Esse é o grande diferencial, além de montar uma viagem de acordo com o seu perfil... Fazer você ter as experiências incríveis que eu já tive gastando menos dinheiro possível! .
.
➡️ Maiores informações: Direct ou omundoeminhasvoltas@gmail.com.
.
.
UHUL PARTIU BAHÊA PAEEEE!! 🌴🌊🐚🤙

Facebook


reserve seu hostel

Encontre sua hospedagem



Booking.com

alugue seu carro

seguro viagem

Esse blog faz parte:

Blog Membro do RBBV - Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem

 

Loja

Mais Lidos

o_mundo_e_minhas_voltas

Roteiro econômico de 7 dias em Cancun e Playa del Carmen

Oi pessoal! Tudo bem? Vim aqui contar mais detalhes do meu roteiro econômico de 7 dias em Cancun e Playa del Carmen, e já adianto que a viagem foi MUITO MAIS MARAVILHOSA do que eu imaginava! O primeiro destino foi Cancun, uma cidade que fica na costa do estado de Quintana Roo, no México, em uma península que se tornou […]

Gostou? Deixe um comentário, compartilhe :)Share on Facebook
Facebook
16Pin on Pinterest
Pinterest
0Share on Tumblr
Tumblr
0Share on LinkedIn
Linkedin
Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email

Como analisar a tábua de marés

Oi pessoal! Hoje vim tirar a dúvida de muitos de vocês quando o assunto é tábua de marés. Sempre que alguém vem à Bahia, quer visitar a famosa Praia do Espelho em Trancoso, e encontrar o “Caribe Baiano” em suas águas cristalinas. Acontece, que quase ninguém informa ao turista que é preciso analisar a maré antes […]

Gostou? Deixe um comentário, compartilhe :)Share on Facebook
Facebook
16Pin on Pinterest
Pinterest
0Share on Tumblr
Tumblr
0Share on LinkedIn
Linkedin
Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email
O_Mundo_e_Minhas_voltas

Casal troca festa de casamento por mochilão em 21 países

Quem nunca sonhou em largar o emprego e viver um período sabático poraí? Muitas vezes nos faltam coragem, ou até mesmo dinheiro… Mas quando tudo é bem planejado a chance de dar certo é muito maior. E como eu amo histórias inspiradoras, vim aqui contar uma pra vocês sobre um casal que trocou a festa […]

Gostou? Deixe um comentário, compartilhe :)Share on Facebook
Facebook
16Pin on Pinterest
Pinterest
0Share on Tumblr
Tumblr
0Share on LinkedIn
Linkedin
Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email
error: Ooops!