Oi pessoal! Tudo bem? Vim aqui contar mais detalhes do meu roteiro econômico de 7 dias em Cancun e Playa del Carmen, e já adianto que a viagem foi MUITO MAIS MARAVILHOSA do que eu imaginava! O primeiro destino foi Cancun, uma cidade que fica na costa do estado de Quintana Roo, no México, em uma península que se tornou um dos centros turísticos mais importantes do mundo, tendo conseguido preservar suas belezas naturais e sua cultura ancestral, representada principalmente em cidades maias.

Eu pensava que Cancun se resumia a resort all inclusive e dias relax na praia, sim uma delícia também, mas não é muito o nosso estilo de viagem. Quero mostrar à vocês um outro lado de Cancun, com muitas aventuras, natureza, adrenalina, bares, restaurantes e passeios em lugares paradisíacos! Vambora?!

Atenção: Você encontrará os preços nesse post em Dólares, Reais e Pesos. É importante que se tenha as duas moedas (Pesos e Dólar) na hora de pagar qualquer coisa no México, pois cada lugar possui uma conversão diferente, você precisará analisar qual está sendo mais vantajosa no momento. 😉 

Roteiro resumido:

  • 3 noites em Cancun
  • 5 noites em Playa del Carmen

Período da viagem: Fevereiro de 2018.

Como fui

Através da companhia aérea Copa Airlines. Nossa ida foi super cansativa, com 3 conexões, a volta fizemos apenas 2 conexões (o que não deixou de ser cansativo também kkkkkk)… Mas, no final, valeu a pena! O avião da Copa não é dos mais confortáveis não, o espaço entre as cadeiras parece menor que os aviões que temos no Brasil, confesso que fiquei assustada. Acho que com relação à comida e atendimento dos funcionários é preciso um pouco de sorte (rs!), na ida tivemos uma boa experiência… Na volta, nem tanto. Não tinha nem cobertor para se cobrir naquele geeeeelo do avião porque tinha acabado, e os funcionários não estavam muito felizes não! Enfim, não há muitas cias aéreas para escolher, então costumo focar sempre no lado positivo e relaxar, afinal de contas estava indo para um PARAÍSO né?! 😀

Valor da passagem aérea: R$ 3.000,00 reais cada passagem, um preço um pouco elevado devido o período ser de alta temporada (Fevereiro/2018). Fizemos conexão no Panamá, pois alguns amigos não tinham visto nos EUA e para fazer conexão é preciso. Se você tiver o visto americano, procure passagens que façam escala nos Estados Unidos que geralmente são mais baratas.

Imigração

Não é preciso de visto para entrar no México, porém é preciso passar pela imigração e eles farão algumas perguntas como de praxe. Bom, eu achei que seria mais tranquilo do que foi… Perguntaram quanto de dinheiro estávamos levando, qual era nossa profissão, o que iríamos fazer no país e quantos dias iríamos ficar. Além disso, na hora do raio x, perguntaram porque estávamos levando tanta roupa se íamos ficar pouco tempo. ¬¬

Uma brasileira me explicou que não é normal fazerem esse questionamento e serem tão severos, mas que com a crise no Brasil muitos brasileiros estão tentando entrar nos EUA pelo México, então eles estão espertos mesmo!

Dica: Sempre tenha em mãos a passagem de volta impressa e o hotel que vai se hospedar, para mostrar que a sua intenção é voltar para o seu país bonitinho, assim a chance de ter problemas diminui. 😉 É importante guardar o papel que vão te dar na entrada do país, você terá que entregá-lo na hora de voltar para o Brasil, caso perca esse papel da imigração, terá que pagar $ 530 pesos (como eu ¬¬).

Roteiro Detalhado: Cancun e Playa del Carmen

Chegando em Cancun – Como ir para o hotel

Chegamos em um sábado a noite no Aeroporto de Cancun, na saída você vai encontrar várias pessoas oferecendo táxi e transfer para te levar ao hotel. Como já sabia disso, resolvi contratar um transfer para ser mais seguro e deu tudo certo. Eu recomendo! Contratamos um transfer para fazer o seguinte percurso: Aeroporto – Hotel Cancun – Hotel Playa del Carmen – Aeroporto Cancun (retorno). Vale a pena pela segurança e comodidade, claro que se for fazer todo esse percurso por conta própria sairá mais barato, porém não queríamos nos preocupar com isso então achei ótimo.

Valor transfer: $125 Dólares para 4 pessoas.

Dica importante: As tomadas lá são diferentes, chegamos no hotel e não conseguimos carregar nossos eletrônicos. Peeeensa o desespero! Fomos em um mercado ali perto e compramos um adaptador que custou mais ou menos 10 dólares.

Hospedagem em Cancun

Optamos por não pegar um Resort All Inclusive, aquele sistema onde você paga e tem comida e bebida a vontade sabe? Focamos em gastar todo o nosso orçamento em passeios e outras experiências. Nos hospedamos no Hotel Smart Cancun By Oasis, e foi um excelente custo benefício! Ele fica localizado mais pela região do centro, não fica próximo às praias, mas isso não é um problema.

O transporte público funciona muito bem, todos os dias pegamos o ônibus R1 para nos locomover. Os motoristas param fora do ponto (mesmo sendo proibido) para pegar as pessoas, mas só desembarca no ponto de ônibus. A distância do hotel para os restaurantes e bares é de aproximadamente 10 minutos e para as praias 20 minutos.

O café da manhã é excelente e a área da piscina é lindíssima! Os quartos são espaçosos e o atendimento foi muito bom. Achei que pagamos super barato por tudo que o hotel nos ofereceu!

Valor diária casal: R$ 190,00 reais com café da manhã.

Valor da passagem de ônibus: $12 pesos ou $1 dólar.

                                                Para fazer a reserva no hotel CLIQUE AQUI!

Dia 1 – Cancun

O_Mundo_e_minhas_voltasPraia Delfines: Logo que o ônibus parou, não conseguimos parar de falar essa frase: QUE LUGAR LINDO!! Indescritível aquele azul do mar, é uma parada obrigatória essa praia mesmo não tendo barraquinhas públicas pela areia, apenas as barracas dos Resorts. É considerada a praia mais bonita da Região Hoteleira, é nela que existe aquele letreiro “Cancun” que todo mundo tira foto, mas tinha taaaanta gente que nem rolou! rs

o_mundo_e_minhas_voltasParasailing: Andando pela Praia Delfines achamos uma tenda vendendo o passeio Parasailing, aquele que uma lancha te puxa amarrado em um paraquedas e você sobe mais de 100 metros de altura. MARAVILHOSO! Para chegar até a lancha, um instrutor te leva de jet ski, o que achei o máximo, porque o mar é bem bravo nessa região, passar por cima das ondas foi super radical, o passeio já tinha valido a pena logo ali para mim!:D

Valor passeio Parasailing: $65 Dólares por pessoa e o “vôo” dura uns 10 minutos.

Dica: Não leve celular, a chance dele cair no mar é de 99%. Se tiver GoPro é uma ótima opção, mas leve o “pau de selfie”, nós não tínhamos por isso nossas fotos não saíram tão boas. Se você não tiver máquina, não se preocupe, eles vão tirar muitas fotos e depois te vender um pen drive com todas elas por $35 dólares. Achamos caro e não compramos. rs!

Coco Bongo: A famosa balada de Cancun, não é beeeem uma balada, mas sim uma boate-espetáculo. Com uma mistura de teatro – show – boate, encanta todos que vão desde os mais novos aos mais velhos. Os figurinos, as performances dos atores, a iluminação, tudo deixa você de boca aberta. Não é um ambiente mais adequado para azaração, se esse é o seu objetivo procure outros lugares como o The City.

Existem vários tipos de ingressos, a maioria com open bar, mas a nossa ideia não era encher a cara porque no outro dia tínhamos que acordar cedo para o passeio, pechinchamos até conseguir algo com melhor preço (porque confesso que não é um lugar barato não viu!).

Foto por Dicas das Américas

Ah, se você for, não deixe de dançar em cima do palco…Mas cuidado com os jatos de ar que saem debaixo, se tiver de vestido/saia terá um pequeno probleminha hahaha!

Valor do ingresso: Pista – $50 dólares por pessoa, incluindo 3 bebidas para cada um. Compramos na hora mesmo.

Dia 2 – Cancun

o_mundo_e_minhas_voltasSeñor Frog’s: Que lugar massa! Fomos almoçar já era final da tarde, pedimos o MELHOR NACHOS QUE COMEMOS NA VIAGEM! Ele fica localizado em frente ao Coco Bongo, é todo tematizado e a trilha sonora é incrível (pelo menos eu amei!). Não é um lugar barato, mas pra ir um dia conhecer vale super a pena. Dizem que a noite pega fogo e vira boate, mas não fomos então não posso dizer. 😛

Valor do almoço por casal: $44 dólares – uma porção de nachos bem servida e deliciosa, uma de quesadilha, cervejas para os homens e um drink gigante para as meninas.

Isla Mujeres: Pegamos o ferry da Ultramar no Puerto Juarez para chegar até a ilha e fomos para a tão famosa Isla das Mujeres. Não sei se criei muita expectativa, mas eu esperava mais. Sim, o lugar é lindo, talvez por falta de tempo não conhecemos o melhor pico, talvez… Alugamos o carrinho de golfe por 2 horas para dar a volta na ilha e parar nos pontos principais e depois curtimos o final do dia na Playa Norte.

Recomendo usar o ferry da Ultramar por ser novo e terem uma ótima estrutura, dentro tem um bar onde é possível comprar bebidas e um espaço onde toca uma banda ao vivo em um trecho da viagem. Foi divertido e nem deu tempo de enjoar com o balanço do mar, mas se você costuma sentir enjoo é bom tomar um remédio para evitar o mal estar (algum de preferência que não te dê sono né?! Quando preciso eu tomo Dramin B6 e para mim funciona muito bem).

São vários horários de partida, não é preciso se preocupar quanto a isso. E a paisagem nem preciso dizer que é INCRÍVEL né?! <3

Chegando na Isla, alugamos um carrinho de golfe para dar a volta na ilha. Já vou adiantar que se você gosta de velocidade provavelmente vai se irritar, porque eles são bem lerdinhos. Logo no desembarque você encontrará várias pessoas tentando alugar um carrinho… Vá com calma, ande, pesquise, se informe dos preços e o mais importante: NEGOCIE!

Valor do aluguel do carrinho de golfe por 2 horas: $35 dólares para 4 pessoas.

Valor do ferry com desconto para Isla e Cozumel: Comprando o Ferry para esses dois destinos fica $39 dólares ida e volta.

Valor do táxi do hotel para Puerto Juarez: $80 pesos o táxi, ônibus não fazia o trajeto.

Passeio pela Isla das Mujeres

Não começamos o passeio por Punta Norte e acho que esse foi o nosso erro. Começamos pelo outro lado, que também tem coisas legais para ver porém a praia mais linda fica na Punta Norte. Os principais pontos de parada são:

  • Parque Garrafon: Não entramos no parque, porque além de ser caro, gastaria nosso dia inteiro, então fizemos uma parada apenas para curtir o visual, que é lindíssimo.

  • Punta Sur: É na Punta Sur que está o Templo de Ixchel, a principal deusa maia, do arco-íris, da água, fertilidade, abundância, do amor e da medicina. Lá também se encontra uma exposição de arte a céu aberto, o Jardim de Esculturas, e a famosa escultura da Iguana gigante, sim, a ilha é cheia delasNessa ponta da ilha não tem acesso à praia, a grande atração é a vista mesmo. Tem uma parte que que é paga e não chegamos a entrar, o calor estava muito forte e só pensávamos em dar um mergulho no mar.
  •  Capilla Guadalupe: Não deixe de entrar e conhecer essa linda igrejinha pelo caminho, o fundo do altar tem vista para o mar, eu achei fantástica! Na verdade, mesmo não sendo mega religiosa, foi a melhor parada do tour pela ilha porque achei realmente diferente de tudo que já havia conhecido.
  • Centrinho: Muitas lojinhas, bares, restaurantes e um ambiente bem rústico. Se você gostar de glamour, lá definitivamente não é o seu lugar. rs! Demos apenas uma volta, compramos um imã de geladeira e fomos entregar o carrinho de golfe que já estava quase na hora de voltarmos para Cancun.

Dia 3 – Ida para a Playa del Carmen

Chegada e hospedagem em Playa del Carmen

Como falei no início, fomos de transfer de Cancun para Playa, a viagem dura aproximadamente 1 hora e eu recomendo investir nessa comodidade. Logo na chegada ficamos encantados, difícil de descrever tanto charme, para todos os lados e ruazinhas muitos bares, restaurantes e lojas. Um lugar rústico e ao mesmo tempo sofisticado, com muita, mas muita natureza! Bem vindos à Playa del Carmen meus queridos, a melhor parte da nossa viagem! 😀

o_mundo_e_minhas_voltas

Nos hospedamos no Hotel El Secreto, localizado na Quinta Avenida (avenida principal), meio escondidinho, rodeado por árvores. Simples, porém maravilhoso. Não tinha café da manhã, mas isso não foi um problema, íamos no mercado fazer compras e aproveitamos para economizar.

No terraço tem uma jacuzzi com água quentinha onde todos os hóspedes podem utilizar, aproveitamos apenas um dia, chegávamos tão cansados no hotel que nem dava tempo. O nosso quarto era espaçoso e tinha até cozinha, ah para as meninas… Tinha secador de cabelo! 😀

Valor da diária por casal: R$200,00 reais, sem café da manhã.

Mamita’s Beach Club: No dia que chegamos, a tarde, fomos caminhar pela praia e nos indicaram passar o dia nessa barraca. Muitos comentaram que era cheia, mas acho que demos sorte, no dia que fomos estava sensacional! A estrutura, os bangalôs, DJ tocando a tarde toda, a praia é muito bonita e a vibe é de um “descanso animado” rss! Porém, comemos o pior nachos da viagem, afinal nem tudo poder ser perfeito né? hahah

Valor: É cobrado 60 dólares por pessoa para ter direito a uma cadeira de praia e guarda-sol, porém uma parte desse valor é convertido em consumação. Não é um local barato para comer e beber a vontade, mas o atendimento é ótimo e foi um dos melhores dias da viagem.

Dia 4 – Chichen Itzá + Cenote Ik Kil

Esse passeio fechamos com a agência Adansar Tours, a Gisele é brasileira e foi super atenciosa me ajudando com dicas e sugestões no roteiro durante a viagem.  Pagamos $89 dólares por pessoa os dois passeios + almoço + transfer ida e volta, saindo de Playa del Carmen. É possível ir por conta própria alugando um carro, com certeza será mais barato, mas achamos mais fácil pegar o passeio numa agência pela comodidade.

Chichen Itzá: O transfer sai bem cedinho rumo à cidade pré-colombiana construída pela civilização maia no final do período clássico. O sítio arqueológico está localizado no município de Tinum, no estado de Yucatán, México. Para quem gosta de história vai amar o passeio, mas para quem prefere curtir a natureza como eu, vai achar ele meio cansativo.

Logo na chegada, você irá ficar impressionado pelo imponente Templo de Kukulkan. Ele é o relógio solar maia e, ainda hoje, surpreende por sua precisão. Tem 91 degraus em cada um de seus quatro lados e, se somados à plataforma superior, temos 365 degraus, ou seja, um ano inteiro.

o_mundo_e_minhas_voltas

Templo de Kukulkan

O guia vai passar por cada ponto do Zona Arqueológica explicando toda história dos maias, eu achei bem interessante porém esse passeio dura 2 horas e meia, não conseguimos acompanhar toda explicação, estava muito calor e depois de tirar as fotos, procuramos uma árvore com uma boa sombra para esperar a saída para o tão esperado Cenote Ik Kil.

Curiosidade: Para mim, um dos grandes prazeres de viajar é conhecer pessoas e histórias de vida. Na ida, passamos pela cidade Maia, onde fizemos uma parada para ver os artesanatos e conhecer um pouco mais da cultura, pois até hoje muitos Maias vivem na região. Foi aí que conheci a dona Francisca, quietinha fazendo o seu trabalho, eu passei e sorri várias vezes, queria conversar mas não queria atrapalhar, mas foi nesse momento que ganhei meu dia! Ela não sabia falar quase nada de espanhol, só a língua Maia. Também não sabia ler e escrever, com 56 anos e 9 filhos, ela disse que trabalha muito para ajudar a pagar os estudos do filho mais novo e que cada rede demora 10 dias para fazer. Era lindo de ver ela fazendo o trabalho manual, bem como a rapidez e perfeição que aos poucos ia se formando mais uma rede. Achei impressionante a força e garra dessa mulher, dona Francisca, muito simpática ficará guardada no meu coração para sempre! Uma lição de vida!

Dica: Levar boné/chapéu, ir com roupa e sapatos confortáveis, protetor solar, óculos de sol. Em dias ensolarados, faz muito calor – MESMO!

Cenote Ik Kil: É um dos mais lindos e visitados da região de Riviera Maia, também conhecido como Cenote Sagrado Azul. Com 60 metros de diâmetro e aproximadamente 50 metros de profundidade, não é fácil de encontrar a água clarinha como se vê nas fotos da internet, é preciso da luz do sol que geralmente entra a tarde (nós não conseguimos ver). A água é doce e densa, você se sente cansado rápido e não é fácil de boiar… Por isso, mesmo sabendo nadar eu aconselho a pegar colete salva-vida para curtir melhor o passeio.

Antes de entrarmos no Cenote, é preciso tomar uma ducha para tirar as impurezas do corpo. A água do Cenote é em torno de 22ºC, pensei que fosse mais gelada, achei uma delícia e deu pra aproveitar bastante dentro d’água, foi até difícil de sair. 😀 O lugar é meio escuro, não é ideal para fazer mergulho de snorkel e já adianto que é difícil tirar uma foto boa la dentro! kkkkk

Para os radicais: Tem dois lugares para pular no Cenote, quando você olha de longe não parece tão alto mas quando chega la em cima, é fácil desistir. São 5 metros de altura e eu venci o medo (tudo bem que quase me afoguei, mas ta valendo, foi ótimo!). Haha!

Depois, fomos almoçar no próprio “Parque” onde fica o Cenote. Já estava incluso no passeio e a comida estava muito boa, a hora do retorno para Playa del Carmen foi 16:30 e chegamos lá comecinho da noite.

Restaurante Tratoria del Centro: Queríamos jantar em algum lugar que não fosse na avenida principal para tentar achar algo mais baratinho, procuramos no Trip Advisor e encontramos a Tratoria del Centro. Atendimento espetacular, lugar pequeno com poucas mesas e muito aconchegante. Pedimos um spaghetti carbonara, um spaghetti a matriciana, uma água, duas cervejas e no final, de sobremesa, um maravilhoso Tiramissu.

Valor do jantar para casal: $30 dólares e valeu cada cents! 😀

Dia 5 – Cozumel

O Ferry da Ultramar saindo de Playa para ilha de Cozumel dura 40 minutos, costuma balançar um pouco, se você fica enjoado não esquece de tomar um remedinho antes hein! Em Cozumel fica a segunda maior barreira de corais do mundo e por isso a ilha é um paraíso para os mergulhadores. São muitos os passeios de barco para fazer mergulho e em alguns pontos da ilha o snorkel à beira-mar é excelente e muito fácil.

Mergulho nos 3 principais pontos – Cielo, Colombia e Palancar

Desembarcando em Cozumel, verá muitos vendedores, mais uma vez: saiba negociar! De $60 dólares, conseguimos por $35 dólares, por pessoa, o passeio de barco com 3 bebidas inclusas + equipamento de mergulho para cada um. O passeio dura aproximadamente 4 horas e meia, e fomos em 10 pessoas na embarcação.

O melhor ponto que achei para mergulho foi na parada de El Cielo, onde pudemos ver estrela do mar e a cor da água parecia de piscina, de tão transparente. Agora sim, estava realmente vendo o tal do mar do caribe! 😀 Infelizmente não consegui uma foto bem pertinho delas como queria, é bem difícil chegar no fundo do mar com o snorkel. Também conseguimos ver uma arraia e uma tartaruga gigante na parada de Colombia, foi um passeio maravilhoso que gostaria de ter feito com mais calma, o tempo de parada em cada lugar é de 15 minutos o que achei pouco.

Centrinho de Playa del Carmen: Todas as noites passeamos pelas ruas charmosas de Playa e todos os dias ficamos deslumbrados com a quantidade de opção de restaurantes, bares, baladas e hotéis. Um cantinho mais lindo que o outro, cheio de verde e árvores, era difícil escolher onde parar… A vontade era de conhecer tudo! 😀

Dia 6 – Cenote dos Ojos (Tulum) + Akumal

Cenote dos Ojos: Muito difícil eleger o melhor passeio da viagem, mas acredito que tenha sido o Cenote dos Ojos. Tudo bem diferente do que já tinha feito e visto na vida, gente, que lugar lindo, sério! Se tiverem que escolher apenas um passeio, escolha esse! <3

Apesar do medo de alugar um carro, por ter lido muito sobre a polícia corrupta do México que para os carros e pede dinheiro, resolvemos arriscar e deu tudo certo! Alugamos um carro básico na agência MEX e NÃO RECOMENDO! Péssimo atendimento, perdemos a manhã inteira em uma fila para conseguir pegar o carro, depois me falaram que eles têm várias reclamações na internet… Eu não sabia. Enfim, pagamos $35 dólares para passar o dia com o carro, valeu super a pena pois estávamos em 4 pessoas. Mas atenção, é preciso abastecer antes de devolver e cuidado para não molhar o banco, eles te cobrarão uma multa por isso (tudo é motivo de multa).

A viagem é bem rapidinha (apenas 1 hora) e a estrada é excelente, muito bem sinalizada! O Cenote dos Ojos fica localizado em Tulum, nossa ideia inicial era conhecer as ruínas primeiro e depois fazer o mergulho. Porém, chegando nas ruínas veio um guia nos encher de informação e cobrar a visitação, como não somos muito fãs de história, cancelamos as ruínas e fomos direto para o Cenote. MELHOR ESCOLHA DA VIDA!

Quando chegamos na entrada do Cenote, havia duas opções de ingresso:

  1. Somente entrada, com direito ao Primeiro Ojo e ao Segundo Ojo, por $100 pesos cada.
  2. Entrada, mais equipamentos e visita guiada com nado até a Bat Cave, por $600 pesos cada.

Escolhemos a segunda opção, pois li que era mais vantajosa. Deixamos nossas coisas em armários trancados, pegamos somente a GoPro, chinelo, snorkel e pé de pato. Se quiser, também pode usar a roupa de neoprene para evitar o frio (por mais que seja desconfortável, aconselho a pegar, pois faz frio na última parada). Já no Primeiro Ojo ficamos impressionados com a cor da água e toda aquela natureza, tirei mil fotos com a GoPro e quando passei para o computador quase nenhuma salvou porque tinha uma gota d’água no visor, o que deixou as fotos todas embaçadas. 🙁

O Segundo Ojo é bem maior e contorna a rocha, formando uma longa caverna em formato circular. Tem muuuitos morcegos, mas se não fizer barulho eles ficarão quietinhos dormindo. A água é gelada, mas suportável. O guia te entrega uma lanterna para mergulhar no escuro, e o trajeto é de tirar o fôlego de tão maravilhoso! Esse foi um lugar que superou todas minhas expectativas, o passeio é longo reserve uma boa parte do dia para fazê-lo.

Se tiver mais tempo, aproveite as praias de Tulum que são lindíssimas… Nós não tivemos tempo de passar o dia nela, mas acho que super vale a pena.

o_mundo_e_minhas_voltasPraia de Akumal: Um dos meus sonhos era mergulhar pertinho de tartarugas marinhas, livres no mar. No retorno para Playa del Carmen, resolvemos parar no melhor ponto para encontrar essas belezinhas… O sol já estava indo embora, e pegamos uma boa chuva, mas eu fiz o mergulho e me emocionei em ver tantas tartarugas tão pertinho de mim. Além disso, a praia é MUITO BONITA, queria ter conseguido voltar e passar um dia por lá… A cor da água é exatamente essa da foto.

Atenção: Quando chegamos na praia, vieram guias querendo nos cobrar para levar até onde as tartarugas estavam, acabei pagando $500 pesos sendo que descobri que é possível encontrá-las nadando sozinho pelo mar. Por isso, se informe com calma antes de pagar qualquer passeio.

Dia 7 – Parque Xcaret

Decidimos passar nosso último dia no Parque Xcaret, um parque ecológico-arqueológico à beira-mar com atrações como mergulho de snorkel e exploração de cavernas. Fechamos novamente com a agência Adansar Tour: transfer ida e volta + ingresso do parque com almoço e bebidas + show noturno no parque por $140 dólares por pessoa. Como já comentei, se você for por conta própria conseguirá gastar menos, como não queríamos nos preocupar com o transporte resolvemos ir por agência. O ingresso do parque é caríssimo, foi legal passar o dia por lá mas eu acho completamente dispensável no roteiro.

O parque é tão imenso, que quando você pega o mapa não sabe nem por onde começar, dá até um leve desespero! rss Nós começamos pelo mergulho nos rios subterrâneos, porém tudo o que tem no parque foi construído e montado, por mais que seja difícil de acreditar pela perfeição da estrutura, nada ali apareceu de forma natural. Saindo do mergulho, continuamos andando pelo parque, vimos tanques com tartarugas, arraias, tubarões e aquela famosa atração com golfinhos. Além disso, tem muitas aves e animais pelo parque inteiro.

Eu, particularmente, não gosto de ver animais presos e não fiz o passeio com golfinhos. Ao mesmo tempo que foi emocionante vê-los pela primeira vez, achei bem triste um monte de turistas pagando para fazer aquelas acrobacias com eles. Enfim, se você quiser fazer, lá é o lugar.

O almoço foi no restaurante El Manglar, buffet a vontade com direito a sobremesa e bebidas. Tudo bem gostoso! Ele fica localizado dentro do parque, de frente para o mar, o lugar mais bonito que achei, porque tinha contato com a natureza de verdade.

Sobre o show noturno: Confesso que foi difícil aguentar até as 19:00 para ver o show sobre a história do México, mas como todos falaram que era imperdível… Ficamos. Ele tem duração de 2 horas e meia, no começo achei bem interessante depois achei super cansativo. Se vale a pena? Vale. Mas vá preparado, compre uma pipoca, sente e relaxe! kkkkk

Observações importantes

Internet: É muito bom ter internet durante a viagem, na nossa turma só eu tinha e nos ajudou bastante. Usei o chip da Easysim4u e foi excelente, pegou super bem em todos os lugares. Para comprar CLIQUE AQUI!

Sobre os mexicanos: São simpáticos, educados, receptivos e muito salientes (rsrs!). Não estranhe se mesmo acompanhado um deles mexer com a sua mulher, releve e siga viagem. Te oferecem o tempo todo coisas para comprar e restaurantes para comer, chegam a ser chatos, no último dia já não aguentava mais falar “não, obrigado!”. Não se preocupe com o espanhol, eu não sabia falar nada e consegui me virar bem com o “portunhol” e mimicas. 😀

Utilizamos o Booking para fazer as reservas dos hotéis, se você for usar também, usa o banner aqui do blog para fazer a sua pesquisa e fechar a sua viagem, você não pagará nada a mais por isso e me ajudará manter o blog atualizado (eles repassam uma pequena porcentagem para os afiliados). <3 Obrigada desde já, para quem puder contribuir! CLIQUE AQUI para reservar.

Dinheiro: Leve dinheiro em mãos do Brasil, mas também um cartão de crédito internacional caso surja alguma emergência e você precise de mais.

Faça uma caixinha de remédios com medicamentos que possa precisar, por mais que lá tenha farmácias você pode não achar o que procura. Eu levei remédio para enjoo, dor de cabeça, alergia, cólica, febre e dor de garganta.

É comum editar as fotos e fazer melhorias para realçar a beleza de um lugar, porém nesse post em específico eu resolvi não editar nenhuma foto para vocês verem como o lugar realmente é! Achei muitas fotos em blogs antes de ir que distorciam da realidade e a minha intenção quando escrevo é passar transparência e credibilidade para quem me acompanha.

A melhor época para ir à Cancun é entre dezembro e abril. A temporada de furacões começa em meados de agosto e segue até outubro, período em que a viagem é menos indicada.

Valeu a pena visitar Cancun e Playa del Carmen?

Com certeza. Por serem lugares completamente diferentes um do outro, foi muito bom dividir as estadias. Se fosse para escolher hoje, faria exatamente da mesma maneira. 😉 Para economizar, nós fazíamos apenas uma refeição bem feita por dia, e comprávamos petiscos no supermercado para enganar a fome. Investimos todo nosso orçamento em passeios (como deu para perceber), conseguimos fazer tudo o que estava planejado e o dinheiro que levamos deu certinho (USD 2.000,00 dólares para o casal fora passagem e hospedagem). É interessante trocar um pouco por peso assim que chegar no México, pois os pagamentos (restaurantes/bares/mercado) são feitos das duas formas, na hora é preciso converter e ver qual será mais vantajoso.

Viu como Cancun não é só Resort All Inclusive?! 😀 Deu para se apaixonar um pouquinho?! Espero ter ajudado e inspirado vocês a conhecer esse lugar tão encantador e único! Se surgir alguma dúvida, só deixar nos comentários que eu respondo. Mais uma volta concluída com sucesso e eu já estou pensando na próxima, claro. 😀

Quer saber mais passeios em Cancun? Aqui no blog Viajantes das Baixada Santista você encontrará muitas outras opções! 🙂

Booking.com

Gostou? Deixe um comentário, compartilhe 🙂Share on Facebook
Facebook
26Pin on Pinterest
Pinterest
0Share on Google+
Google+
0Share on Tumblr
Tumblr
0Share on LinkedIn
Linkedin
Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email
Livia Zanon
Campo-grandense de nascimento e baiana de coração. Se formou em Direito por um acidente de percurso e hoje é Social Media de profissão. Apaixonada em compartilhar as experiências, dicas e perrengues de viagens, criou o blog para inspirar as pessoas a cair no mundo da melhor maneira. Viajar é o que te faz se sentir viva!

Planeje a sua viagem

Prefere casa ou apartamento? Utilize nosso cupom de desconto de R$ 130,00 no Airbnb e tenha uma experiência diferente e mais econômica de hospedagem.

Não esqueça do Seguro Viagem! Faça sua cotação na SegurosPromo para encontrar o seguro que você precisa. Utilize o cupom MINHASVOLTAS5 e ganhe 5% de desconto.

Encontre a sua hospedagem com o nosso parceiro Booking e Hostel em qualquer lugar do mundo através do  Hostelworld.

Precisa alugar um carro? Reserve pela RentCars. A cobrança será feita sempre em reais, sem IOF e você ainda vai poder dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um desconto de 5% no boleto bancário.

Saia do Brasil já conectado e com o celular funcionando durante a viagem.  Com o EasySim4u você tem acesso à internet 4G nos Estados Unidos e Canadá e mais de 140 países.

Tags: , , , , , , ,

44 comentarios en “Roteiro econômico de 7 dias em Cancun e Playa del Carmen”

  1. Saulo disse:

    Adorei o post, estou indo e foi esclarecedor.

    1. Livia Zanon disse:

      Oi Saulo!! Que bom, fico feliz em ter ajudado!! Boa viagem, aproveite muito! 🙂

  2. georgia disse:

    Adorei as dicas! Estou indo pra Cancún dia 14/04 e já anotei todas as dicas. Senti falta de informações sobre compras ?. Vi que vc postou fotos de chapéus, canga etc e gostaria de saber se dá pra comprar lá ou vale a pena levar daqui, uma vez que esses itens fazem volume na mala. Obrigada pelas dicas!

    1. Livia Zanon disse:

      Oiii Georgia td bem?? 😀 Que delicia, aproveite muito sua viagem!! Então, é porque não fiz compras hahahaha a única coisa que comprei de souvenir foi imã de geladeira e a mochilinha… Tudo eu levei do Brasil que eu já tinha. Não sei te dizer os preços, mas uma coisa eu sei… Negocie e chore muito o valor, porque eles enfiam a faca, mas podem abaixar muito se você chorar. =P Acho que vale a pena levar do Brasil, as coisas no México são caras em geral… Obrigada pelo comentário, espero ter ajudado. Beijos!!

  3. georgia disse:

    Oi Lívia, ajudou muito sim. Obrigada mais uma vez. Bjos

  4. Carla Macedo disse:

    Ler este post, deixou meus olhos brilhando de saudade, foi uma das viagens mais incríveis que eu fiz. Você retratou tudinho, post super bem detalhado. As fotos estão lindas! Quando fui acabei não fazendo o parasailing e me arrependo amargamente por isso..kkk. Fiquei em êxtase com o Templo de Kukulkan, pena que não pode mais entrar nele,entrar dele deve ser incrível! A dica da caixinha de remédio é muito boa hauahauha, é um país com gastronomia altamente diferente da nossa, eu como adoro comer, papei de tudo e claro tive meus dias de “rainha”, mas levei os meus remédios e deu tudo megamente certo.

    1. Livia Zanon disse:

      Oi Carla!!! Tão bom a gente matar a saudade lendo posts né?? Que legal que te ajudei um pouquinho heheh realmente o México é demais, e superou todas minhas expectativas!! E os dias de rainha? Fazem parte =P hahaha! Beijo

  5. Luisa Galiza disse:

    Que post mais completo!!!! Me encheu de saudade desse paraíso…. Eu confesso que quando fui conheci pouco de Cancun, passei apneas. Fiquei em Playa del Carmen e se fosse de novo, acho que ficaria em Tulum, me apaixonei por lá!!!

    1. Livia Zanon disse:

      Eu já não conheci muito Tulum =( Queria ter ido com mais tempo, eu AMEI Playa e me hospedaria lá novamente… O clima é maravilhoso e a noite bem movimentada cheia de opções né!! 😀

  6. Suzy Freitas disse:

    Oi, Lívia! Adorei o post, porque ao informar os custos, desmitificou a ideia de que Cancun é uma viagem cara e a hospedagem fica restrita aos mega resorts all inclusive! Quando estive em Cancun dividi minha hospedagem em seis dias num hotel simples, período que aproveitei para fazer os passeios na região, e, no final, passei quatro dias descansando num resort! Assim, economizei na hospedagem e conheci bem o destino. Com um pouco de planejamento dá para todo mundo viajar, né? Parabéns pelo post completíssimo!

    1. Livia Zanon disse:

      Oi Suzy, exatamente!! Também pensamos em dividir dessa maneira, mas no final pegamos dos hotéis de boa mesmo, quem sabe na próxima… Tenho vontade de me hospedar num resort all inclusive, deve ser uma experiência bem legal!! É isso, com planejamento tudo é possivel!! 🙂

  7. Mari Zoghbi disse:

    GENTE!! Quando eu leio roteiro econômico no título do post eu já sei que vou gostar do post, mas quando comecei a ler o seu post já AMEI!!! Que post completo e cada lugar mais lindo do que o outro! Com certeza me será muito útil para quando for para essa região! Quero aproveitar tudo!!

    1. Livia Zanon disse:

      Ebaaaa! Que bom que gostou Mari, fico feliz em ter ajudado e inspirado!! Aproveite mtooo quando for =)

  8. Tiago disse:

    Que post super completo! Normalmente vejo sugestões de resorts mas não é o tipo de viagem que curto, então esse seu post ficou ótimo para mim 😉 Acha que 1 semana foi tranquilo e deu para fazer realmente tudo que queriam? Ficou corrido ou acha que da para fazer em menos tempo?

    1. Livia Zanon disse:

      Oi Tiago, eu queria ter ficado mais… Mas consegui fazer tudo o que planejei em 10 dias porque tem o dia de ir e o de voltar né… Acho o suficiente 10 dias, contanto que você não perca tempo kkkkkk

  9. Fiz um roteiro bem parecido com o seu, mas fiquei hospedada apenas em Cacun, embora no final das contas eu tenha gostado mais de Playa del Carmen. É um destino que pretendo voltar, agora para passar uns dias em Tulum, Playa de Carmen e Cozumel, que são lugares fantásticos, mas que passei muito rápido por eles. Amo o México, e pelo jeito sua viagem também foi maravilhosa!

    1. Livia Zanon disse:

      Anna, eu tbm me apaixonei por Playa del Carmen, fiquei feliz em ter passado só 2 noites em Cancun e o restante lá, quando cheguei na Quinta Avenida me emocionei de tão linda aquela vilinha! kkkkkk =D

  10. Uma das melhores viagens que ja fiz foi a Cancun, também fiz o passeio de parasailing e foi uma das melhores coisas que fiz na viagem. Infelizmente fiquei devendo Cozumel, nao deu tempo 🙁 Seu roteiro ta excelente mesmo. abraços

    1. Livia Zanon disse:

      Parasailing é demais né Alexandre? Não queria mais sair de lá de cima! haha =D

  11. poracomospires disse:

    Eu amo muito Cancun!! Fomos “grávidos” do nosso filho mais velho.. dancei no balcão do Coco Bongo (fui de calça, adorei a sua observação sobre o ar quente rs), o transporte público funciona realmente muito bem e tem que ter cuidado com os taxistas pq eles “cobram” como querem, tem que perguntar qto fica até o destino antes de embarcar (e antes pergunte no lobby qto seria). Todos os lugares visitados por vc também fomos e suas dicas estão ótimas!

    1. Livia Zanon disse:

      Que deliciaaa! Dançou grávida no balcão, adoreiii hahaaha é das minhas!!! Sim, fomos muito expertos com os taxistas e policiais nas estradas… Alugamos carro só um dia com medo de pegarem a gente e cobrarem propina, mas deu td certo!! =D

  12. Erik Trovão disse:

    Que alívio ver o relato de alguém que foi a Cancun e não ficou em um Allínclusive! Pq a ideia que sempre tenho, vendo todos mundo que vai pra lá ficando em um hotel assim, é que não há outra opção! Bom saber que dá para aproveitar mesmo em outro tipo de hotel, pq se for para pagar caro em um resort, estou fora! Prefiro investir nos passeios como vc fez! Mesmo sendo um passeio cansativo, preciso muito ir em Chichen Itza! Na verdade, este é será meu principal foco quando eu for a Cancun (junto com os cenotes)! Se fosse só pela praia, não faria tanta questão! Post muito bem escrito e detalhado!

    1. Livia Zanon disse:

      Ei Erik, exatamente. Eu só vejo as pessoas postando resorts e mais resorts e descobri um mundo em Cancun maravilhoso longe deles! 😀 O mar de Cancun foi mais lindo que já vi até hoje na vida, valeu muitoooo a pena! As pirâmides como disse não curti mto, pq não sou mt fã… Eu queria mesmo era natureza, rio e mar! Mas o bom é que tem pra todos os gostos. Que bom que curtiu, obrigada! =)

  13. Sil Mendes disse:

    Parabéns pelo post bem detalhado. Ainda pretendo visitar Cancun e Playa do Carmen, ainda mais agora sabendo que não são muito distantes uma da outra e que a melhor opção é o transfer mesmo. E essa água, lindíssima!!! O mar nessa região é realmente de tirar o folego.

    1. Livia Zanon disse:

      Sil, se puder se hospede mais em Playa del Carmen… Muito mais encantador e charmoso. Eu me apaixonei!! =)

  14. nicole disse:

    amei o post! super super super completo! Realmente, não vale a pena ficar em hotel all inclusive se for ficar fazendo os passeios, pq acaba que não aproveita nada… all inclusive só se for pra curtir so o hotel, e ai nao rola ne?!
    agora menina, você chamou o transfer de conforto, eu achei o preco excelente para 4 pessoas e para o tanto de viagem que fizeram, tinha que ser desse jeito mesmo!

    adorei todo o post, quero ir pra la agora!

    1. Livia Zanon disse:

      No final valeu muito a pena o transfer mesmo Nicole =) Que bom que gostou do post, fico feliz! 😀 Vá mesmo, que não irá se arrepender! Beijos

  15. Maiara Barbosa disse:

    Adorei as fotos do lugar e deu vontade de conhecer. Se fosse preciso encolher um pouco mais a viagem, o que você considera como imperdível e não pode ficar fora da lista de jeito nenhum?

    1. Livia Zanon disse:

      Oi Maiara, é imperdível conhecer o Cenote dos Ojos, surreal de lindo e o passeio bem diferente… Mergulhar com morcegos em cavernas, foi demais! =D

  16. Luisa Galiza disse:

    Ah!! Playa del Carmen é uma grande paixão… Fui há uns 4 anos atrás e foi amor a primeira vista, aliás, gostei bem mais do que Cancun. As águas, o clime, as pessoas, os cenotes… Que saudade me deu com esse seu post! Preciso voltar pra conhecer o restante que indicou!

    1. Livia Zanon disse:

      Eu também gostei mais de Playa del Carmen Luisa, muito massa né? Quando cheguei fiquei encantada com a Quinta Avenida, os bares, restaurantes, tudo charmoso, rústico e muitos passeios lindos.

  17. Tiago disse:

    Muito bom seu post, sempre vejo pessoas falando dos resorts de Cacun, mas penso igual a você e não me atrai ficr em resorts, por isso curti muito seu post, vou salvar aqui pois vcs conheceram td que eu gostaria de ver qnd for 🙂

    1. Livia Zanon disse:

      Que bom Tiago, vai curtir muito e guardar o dinheiro para investir nos passeios, que é o mais importante! 😀

  18. Renata Telles disse:

    Parabens pelo post, foi sem duvida o melhor que li até agora sobre Cancun. Foge dos roteiros obvios e isso me atraiu demais! Sou da mesma vibe que a sua, adoro aventuras e já anotei todas as dicas por aqui!

    1. Livia Zanon disse:

      Obrigada Renata! =)) Esse é o objetivo, tentar mostrar as coisas fora dos clichês… Tamo junto na mesma vibe então! heheh Beijos

  19. Silvia Carvalho disse:

    Hum! Adoro dicas de como fazer um roteiro econômico! Viajar e conhecer Cancún e Playa del Carmen sempre fez parte dos meus planos, e agora ainda mais depois de ler o seu post! Parabéns pelas dicas e fotos!

    1. Livia Zanon disse:

      Legal Silvia, espero que aproveite e curta muito assim como eu! 😉

  20. Jaqueline disse:

    AMEI as dicas de como economizar! Adorei saber que da pra ficar ali pelo centro mesmo.. sempre achei que Cancún tinha que ser no estilo all inclusive que é bem caro, mas suas dicas foram mara! Obrigada!!

    1. Livia Zanon disse:

      Que bom que curtiu Jaqueline =))) Fico feliz de apresentar novas opções e estilo de viagens!! Beijo

  21. Danielle disse:

    Oi Livia, tudo bom? Fui há muito tempo atrás para Cancun e acabei ficando num resort all inclusive (pq a minha proposta de viagem naquela época era outra.. kk).. achei bem legal como você dividiu a viagem e percebi que vc gostaria de ficar mais tempo em Cozumel, nao?
    Você achou que valeu a pena ficar tantos dias em Playa del Carmem? E as praias em Tulum? Nao valeria a pena dormir mais próximo para aproveitá-las?
    Tenho vontade de voltar e nao ficar mais em Cancun. Você recomendaria quantos dias em Praya del Carmem, Tulum e Cozumel?

    1. Livia Zanon disse:

      Oi Danielle, tudo bem e você? 🙂
      Então, Cozumel não tem muita coisa pra fazer, o ideal é passar o dia mesmo, é que fomos tarde e perdemos a manhã… Mas se programar pra chegar cedinho da pra curtir bem. Eu fiquei 4 noites em Playa del Carmen e 2 noites em Cancun… Acho que duas noites em Cancun são o suficiente, como fiz o roteiro e pesquisei tudo antes deu tempo de fazer tudo o que planejamos… Ulum é próximo de Playa, então você pode ir se hospedando lá mesmo , pq Tulum acredito que seja mais caro e no meu ponto de vista nada se compara ao centrinho de Playa que eu fiquei APAIXONADA por aquele lugar a noite. Acho que 6 dias em Playa vc consegue conhecer tudo =) Beijos

  22. Igor Augusto disse:

    Também não sou muito fã de Resort All Inclusive, não, gosto de sair explorando os lugares. Aí Cancun, até pouco tempo, me atraía quase nada, mas descobri aos poucos o tanto de coisa que tem pra fazer lá. Bom demais, hein? Fui a Teotihuacan, próximo da Cidade do México, esse ano, e adoraria conhecer Chichen Itza. Os cenotes também me chamam a atenção. O Xcaret também. Muito bom!

    1. Livia Zanon disse:

      Os Cenotes são incríveis, uma das melhores parte da viagem Igor… Eu amei e achei mt mais lindos do que imaginei!! 😀

Deixe uma resposta

autora

Campo-grandense de nascimento e baiana de coração. Se formou em Direito por um erro de percurso e hoje é Social Media de profissão. Apaixonada em compartilhar as experiências, dicas e perrengues de viagens, criou o blog para inspirar as pessoas a cair no mundo da melhor maneira. Viajar é o que te faz se sentir viva!

receba as novidades por e-mail

Instagram

  • Engraçado quando vejo essa foto da minha viagem à África do Sul, lembro do exato momento em que foi tirada, de como me sentia, dos pensamentos confusos, do medo, de muitas indecisões mas de muita CORAGEM. Eu estava prestes a voltar para o Brasil e o meu novo lema de vida era: “Não deixe a sua luz se apagar. Seja forte. Busque o que te faça feliz.” Deitada na areia, sentindo aquele vento gelado de inverno, observando uma paisagem surreal de linda eu me sentia determinada e cheia de  energia. .
.
Viajar para mim é muito mais que visitar pontos turísticos e tirar fotos bonitas. É uma experiência transformadora, que faz a gente crescer, amadurecer e ser quem somos de verdade. Foi durante meus dois intercâmbios que eu senti ter encontrado a minha “tribo”, e essa tribo falava a minha língua, entendia os meus sonhos e me fazia sentir que estava cada vez mais próxima de encontrar o meu lugar no mundo.
.
.
Acho que por essas e outras, sempre foi difícil voltar de uma viagem, pq era como se eu deixasse apagar aquela luz que havia se acendido, como se eu me perdesse novamente aos desejos da sociedade e deixasse escapar toda aquela coragem. Mas hoje, lendo o livro da Leticia (@doforloveproject) me senti acolhida por cada palavra, como se eu não tivesse sozinha no meio de tantos pensamentos e tudo fizesse sentido novamente. Ainda há mts páginas para o fim, mas gostaria de agradecer à Leticia por devolver aquela energia que eu achei que já tivesse se perdido por aí e ajudar a me conectar novamente ao meu propósito de vida. ❤️🙏🏻
.
.
Assim como ela, acredito que não viemos nessa vida a passeio, e sim estamos aqui para fazermos a diferença, criando a realidade que desejamos. ✨
.
.
.
#DOFORLOVE
.
.
.
#profissaoaventura #travellife #praia#dicasdeviagem #RBBViagem #revistaviajar #queroviajarmais #revistaqualviagem #trancoso #blogmochilando #vocenomundo #legaléviajar #nature #temqueir #fantrip  #avidapede #vcmochilando #euvounajanela #portoseguro #arraialdajuda #campogrande #Bahia #artrodese #artrodeselombar
  • Quem realmente se importa com você e quem apenas quer bisbilhotar sua vida? 🤓
.
.
É muito engraçado quando conseguimos distinguir essas pessoas né? Chega um
momento que fica fácil identificar a intenção de cada um. Às vezes não é por mal, é curiosidade. Outras vezes é pensando no próprio umbigo mesmo e pronto, simples assim. 🤙
.
.
Hoje eu acordei querendo conversar com vocês sobre isso. Sabe, tudo bem 99% das pessoas quererem apenas saber o que você vai fazer/tá fazendo da vida... Mas o importante é ainda existir 1% que quer o SEU bem antes de qualquer coisa, que quer te ver FELIZ e que SEMPRE estará contigo. Vamos focar em quem está com a gente na vida REAL e não em quem acha que sabe de tudo por acompanhar você nas redes sociais, em alguns posts e stories. 😊🤳🏻
.
.
Cada um com a sua consciência, e se a sua estiver tranquilinha meu amigo, relaxa e segue a vida. Porque é isso que importa! E assim, só para constar, o que aparece no mundo virtual não é metade do que se vive (JURO! hahah). 😎✌️ .
.
Obs: Não estou na África do Sul, estou na fisioterapia recuperando os movimentos da minha coluna. É bom avisar né?! Vai que... 😂😅😬
.
.
.
#PAZ💋
__ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ 🏆Use #OmundoEminhasVoltas para ser destaque nos Stories! 📸
__ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ 📣Facebook: /omundoeminhasvoltas
📣Blog: www.omundoeminhasvoltas.com
__ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __
#profissaoaventura #travellife #praia #dicasdeviagem #RBBViagem #revistaviajar #queroviajarmais #revistaqualviagem #trancoso #blogmochilando #goprobr #vocenomundo #legaléviajar #nature #temqueir #fantrip  #avidapede #vcmochilando #euvounajanela #portoseguro #arraialdajuda #campogrande #Bahia #artrodese #artrodeselombar #capetown #africadosul
  • O que é liberdade para você?
.
.
Para mim, a liberdade é você se sentir bem consigo msm. Ter sua consciência tranquila, e conseguir ter autoestima o suficiente para tomar decisões e não se preocupar com o que as pessoas acham - ou deixam de achar - de você. Muitos podem definir como egoísmo, mas para mim é amor próprio. É, sabe aquele que a gente muitas vezes acaba esquecendo e deixando pra lá? Então, esse mesmo. .
.
É se sentir em paz e confiar na vida. Procurar melhorar, evoluir, seguir o caminho do bem. No fim, a sensação de liberdade mais importante é de você com você msm. Porque só sabe, quem vive. E quem tá vivendo isso tudo aí, é VOCÊ. E mais ninguém! :)
.
.
Que consigamos ser livres.
Haja o que houver.
Por nós.
Para nós.
Sempre.
🍃🌸🌻
.
.
.
🏆Use #OmundoEminhasVoltas para ser destaque nos Stories! 📸
__ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ 📣Facebook: /omundoeminhasvoltas
📣Blog: www.omundoeminhasvoltas.com
__ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __
#profissaoaventura #travellife #praia #dicasdeviagem #RBBViagem #revistaviajar #queroviajarmais #revistaqualvigem #trancoso #blogmochilando #goprobr #vocenomundo #legaléviajar #nature #temqueir #fantrip #conchasdesereia  #avidapede #vcmochilando #euvounajanela #portoseguro #arraialdajuda #campogrande #ms #Bahia #artrodese #artrodeselombar #southafrica #capetown
  • E que tal reduzir um pouco de plástico do Planeta hein?! ♻️ Hoje chegou meu copinho do @menos1lixo, feito de materiais recicláveis e super prático para carregar para todos os lugares, pq ele é compacto e retrátil. Ah, o mais legal é que a produção é brasileira! 💚💛 Se ligaaaa no efeito da nuvem saindo do copo parecendo fumacinha que fui perceber só agora! 😱😬 Amei!
.
.
Além dele ser lindo, é perfeito para todos os tipos de bebidas, podendo ir ao freezer, lava-louças e até no micro-ondas! 😍
.
.
Diariamente são descartados cerca de 720 MILHÕES de copos plásticos no Brasil. Só depende de nós mudarmos esse cenário, PEQUENOS ATOS MUDAM O MUNDO! 🌍💧Eai, vamos começar?! .
.
💰Investimento em torno de R$50,00 + frete para quem não tiver uma loja próxima. Para maiores informações, @menos1lixo. .
.
__ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ 🏆Use #OmundoEminhasVoltas para ser destaque nos Stories! 📸
__ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ 📣Facebook: /omundoeminhasvoltas
📣Blog: www.omundoeminhasvoltas.com
__ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __ __
#profissaoaventura #travellife #praia #dicasdeviagem #RBBViagem #revistaviajar #queroviajarmais #revistaqualvigem #trancoso #blogmochilando #goprobr #vocenomundo #legaléviajar #nature #temqueir #fantrip #conchasdesereia  #avidapede #vcmochilando #euvounajanela #portoseguro #arraialdajuda #campogrande #ms #Bahia #artrodese #artrodeselombar #menos1lixo

Facebook


reserve seu hostel

Encontre sua hospedagem



Booking.com

alugue seu carro

seguro viagem

Esse blog faz parte:

Blog Membro do RBBV - Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem

Mais Lidos

Praga

Casal faz mochilão em 10 países na lua de mel

E se você tivesse que escolher entre fazer uma festa para amigos e familiares ou uma super viagem? Qual seria a sua escolha? No nosso caso, escolhemos fazer uma festa com poucos convidados e de presente fizemos uma vaquinha online através do site iCasei. Como isso funciona? Os convidados que querem presentear o casal, entra […]

Gostou? Deixe um comentário, compartilhe :)Share on Facebook
Facebook
26Pin on Pinterest
Pinterest
0Share on Google+
Google+
0Share on Tumblr
Tumblr
0Share on LinkedIn
Linkedin
Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email
o_mundo_e_minhas_voltas

17 Dúvidas frequentes de um mochilão

Oi galerinha! Voltei do meu #mochilãocommala cheia de histórias para contar, fotos para postar e dicas para dar (juro que essa rima não foi proposital haha). Foram 10 países e 18 cidades ao total e durante minha viagem muita gente veio tirar dúvida sobre mochilão e viagem em geral, tentei responder todo mundo durante esse […]

Gostou? Deixe um comentário, compartilhe :)Share on Facebook
Facebook
26Pin on Pinterest
Pinterest
0Share on Google+
Google+
0Share on Tumblr
Tumblr
0Share on LinkedIn
Linkedin
Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email
O_Mundo_e_Minhas_voltas

Casal troca festa de casamento por mochilão em 21 países

Quem nunca sonhou em largar o emprego e viver um período sabático poraí? Muitas vezes nos faltam coragem, ou até mesmo dinheiro… Mas quando tudo é bem planejado a chance de dar certo é muito maior. E como eu amo histórias inspiradoras, vim aqui contar uma pra vocês sobre um casal que trocou a festa […]

Gostou? Deixe um comentário, compartilhe :)Share on Facebook
Facebook
26Pin on Pinterest
Pinterest
0Share on Google+
Google+
0Share on Tumblr
Tumblr
0Share on LinkedIn
Linkedin
Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email
error: Ooops!